Brisola

Em 14 de fevereiro de 2013 quando o para-atleta sul africano Oscar Pustorius foi detido em Pretória por suspeita de matar a sua namorada, Reeva Steenkamp com quatro tiros, o repórter do SporTV Felipe Brisola(foto) que estava justamente na África do Sul para cobertura da Copa Africana de Nações que terminou no último dia 10 ainda não sabia, mas a partir deste fato a sua carreira começaria a ganhar um novo rumo, como a Rede Globo não possuí correspondente no país deu a maior sorte de Felipe estar lá e de lá Brisola tem feito matérias para os principais telejornais da emissora e com certeza ele deve receber um novo tratamento na casa após essa cobertura.

A tragédia ocorrida em Oruro na Bolívia na última quarta-feira(20/02) na partida entre San José X Corinthians em que um torcedor de 14 anos morreu após ser atingido por sinalizador também serviu para projetar a nível nacional outro repórter, mas dessa vez não da TV e sim do rádio, O Sistema Globo de Rádio enviou para a cobertura do jogo do Timão dois trepidantes, Raphael Prates setorista corintiano pela Globo AM-SP e Guilherme Dorneles pela CBN AM/FM, depois do acontecido foi decido que Prates voltaria junto com a delegação do Corinthians e assim Dorneles ficou em Oruro e de lá fez um grande serviço de reportagem para toda rede da emissora informando com precisão e rapidez o que acontece na cidade boliviana.